Patrimônio, História e Ensino: Percursos Epistemológicos na História Ensinada

  • Jaqueline Aparecida M. Zarbato Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMT

Resumo

Este artigo pretende abordar as reflexões da educação patrimonial como contributo nas aulas de história da Educação Básica. Para tal, metodologicamente este artigo estrutura-se em realizar a análise sobre as concepções teóricas que norteiam a Educação Patrimonial como campo de estudo, assim como a dinâmica que imprime a produção do conhecimento histórico. Analisando o imbricamento entre as concepções patrimoniais e o ensino de história, pontuando desta maneira, a experiência realizada com estudantes de uma escola pública, no interior de Mato Grosso do Sul. Palavras-chave: Educação patrimonial. Ensino de história. Alfabetização histórica

Referências

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Parâmetros curriculares nacionais:
história e geografia. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p. 52
BARCA, Isabel. Aula Oficina: do projecto à avaliação. ______. (org.) Para
uma educação histórica de qualidade. Actas das IV Jornadas Internacionais de Educação Histórica. Braga:Universidade do Minho, 2004, p.131-144.
BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de História: fundamentos e
métodos. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2009.
CERRI, Luis Fernando. Os conceitos de consciência histórica e os desafios da didática da história. Revista de História Regional. 6(2): 93-112, 2001.
GONÇALVES, José Reginaldo Santos. Monumentalidade e cotidiano: Os
patrimônios culturais como gênero do discurso. In._OLIVEIRA, Lucia Lipp
(Org.) Cidade: História e Desafios. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2002.
HORTA, Maria de Lourdes Parreiras; GRUNBERG, Evelina. MONTEIRO, Adriane Queiroz. Guia Básico de educação Patrimonial. Brasília: IPHAN/
Museu Imperial, 1999.
IPHAN. Instituto do Patrimônio Histórico e artístico nacional. (www.iphan.gov.br/bens/P.%20Imaterial/imaterial.htm).
LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas-SP: Ed. da UNICAMP, 1990.
LEMOS, Carlos A.C. O Que é Patrimônio Histórico. São Paulo: Brasiliense, 1987.
RÜSEN, Jörn. Como dar sentido ao passado: questões relevantes de metahistória. Revista História da Historiografia, n.2, p.163-209, mar. 2009.
RÜSEN, Jörn. Didática da História: passado, presente e perspectivas a partir do caso alemão. Práxis Educativa, Ponta Grossa, vol. 1, n° 2, p. 07-16, jul.-dez. 2006.
SCHMIDT, Maria Auxiliadora. Cognição histórica situada: que aprendizagem histórica é esta? In: SCHMIDT, Maria Auxiliadora; BARCA, Isabel (org). Aprender História: perspectivas da educação histórica. Ijuí: Editora UNIJUI, 2009, p.117-137
Publicado
2018-04-16