Babel de Cildo Meireles: o Mito Mesopotâmico e a torre de rádios

  • Maria Cristina Mendes Universidade Estadual de Ponta Grossa / PR

Resumo

O artigo tem por objeto de investigação a obra Babel (Cildo Meireles, 2002) e tem por meta tecer possíveis reflexões acerca das relações estabelecidas com a homônima torre do mito judaico-cristão. A pintura de Pieter Brueguel fundamenta a relação com a história da arte e as análises de Erick Felinto estruturam a reflexão acerca da transformação que o mito babélico sofre da tradição para a modernidade. As contribuições de Agnaldo Farias, Moacir dos Anjos e Diego Matos, adéquam-se ao ensino da história da arte brasileira contemporânea, destacando o diálogo que Meireles instaura com outras áreas do conhecimento e investigando os processos de instauração de sentidos despertados pelas possíveis leituras da obra. A transmissão radiofônica de diferentes estações, as pequenas luzes coloridas que piscam nos aparelhos de rádio, somam-se a um ambiente banhado de azul para, numa tradução criativa do texto bíblico, evidenciar a importância da mídia na construção de obras de arte que problematizam a vida contemporânea. A recriação do mito, em imagem e som, como proposição artística, dá visibilidade a transformações socioculturais e potencializa as possibilidades de fruição estética.

Biografia do Autor

Maria Cristina Mendes, Universidade Estadual de Ponta Grossa / PR
Professora Adjunta no Departamento de Artes da Universidade Estadual de Ponta Grossa / UEPG (2015). Doutorado em Comunicação e Linguagens / Universidade Tuiuti do Paraná (2014). Mestrado em Comunicação e Linguagens / Universidade Tuiuti do Paraná (2010). Especialização em História da Arte do Século XX / Escola de Música e Belas Artes do Paraná (2000). Graduação em Pintura - Bacharelado / Escola de Música e Belas Artes do Paraná (1984). Docente dos Cursos de Artes Visuais (2002 / 2015), Tecnologia em Fotografia (2008 / 2015) e Tecnologia em Design Gráfico (2014 / 2015) na Universidade Tuiuti do Paraná. Coordenadora do curso de pós graduação Lato Sensu Fotografia: Processos de Produção de Imagens / Universidade Tuiuti do Paraná (2012 / 2015). Coordena a pesquisa: Processos Poéticos em Artes Visuais: modos de articulação entre prática e teoria. Participa dos seguintes grupos de Pesquisa: Interart - interação entre arte, ciência e educação: diálogos e interfaces com as Artes Visuais; Uma reconstrução interdisciplinar do conhecimento a partir da criação de projetos referenciados nas relações Arte-Ciência do Renascimento pós-copernicano. Tem experiência na área de Artes Visuais, Educação e Comunicação / Cinema, atuando nos seguintes temas: Teorias e História da Arte e da Imagem (Pintura e Cinema) e Metodologia de Pesquisa.

Referências

ANJOS, Moacir dos (org,). Babel - Cildo Meireles. Rio de Janeiro: Artviva
Editora; São Paulo: Estação Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2006.
BRUEGUEL, Pieter. Torre de Babel. Disponível em: https://www.khm.at/en/visit/
collections/picture-gallery/. Acesso em: 14 abri. 2016.
CARDOSO, Maurício Mendonça. Ler pelo não: a tradução nos vãos do não
dito. In: A pau a pedra a fogo a pique: dez estudos sobre a obra de Paulo
Leminski. Curitiba: Imprensa Oficial, 2010, pp.140-171.
FARIAS, Agnaldo. Cildo Meireles - Babel. Artecontexto, Arte, Cultura, Nuevos
Medios, Madrid, Artehoy, nº13, 2007/01, 2006.
FELINTO, Erick. Silêncio de Deus, silêncio dos Homens: Babel e a sobrevivência
do sagrado na literatura moderna. Porto Alegre: Sulina, 2008.
GENESIS, Português. In: Bíblia Sagrada. Tradução Padre Matos Soares. São
Paulo: Paulinas, 1971. p. 28.
HARRIS, Beth e ZUCKER, Steven. Brueguel, Tower of Babel. Disponível
em: northern/ antwerp-bruges/v/pieter-bruegel-the-elder-the-tower-of-babel-1563>.
Acesso em: 22 mai. 2016.
LEMINSKI, Paulo. Toda poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.
MATOS, Diego Moreira. Cildo Meireles - Espaço, modos de usar. Tese
apresentada à Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de
São Paulo. São Paulo: 2014. Disponível em: DIEGO_MATOS_TESE%20(1).pdf> Acesso em: 1 mai. 2016
MAKING OF BABEL BY CILDO MEIRELES - Kiasma Museum. 3:30 min. Cor.
Disponível em: .
Acesso em: 22 mai. 2016.
MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo:
Cortez; Brasília, DF : UNESCO, 2000.
SCARDI, Gabi. Cildo Miereles. DOMUS. Disponível em: domusweb.it/ en/art/2014/05/02/cildo_meireles.html.> Acesso em: 10
mai.2016.
SODRÉ, Muniz. Reinventando a cultura: a comunicação e seus produtos.
Petrópolis: Vozes, 2001.
Publicado
2016-12-19