Educação Filosófica e Formação de Professores

  • Evandro Ghedin Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

O presente texto articula-se pela seguinte tese: a educação filosófica, em todos os níveis e processos, é uma necessidade para produzir e manter vivo o pensamento crítico e criativo como condição de inteligência e consciência de si e do outro na condição de horizonte de identidade ética. Metodologicamente o trabalho insere-se na perspectiva da hermenêutica crítica. Assume como objetivo geral desenvolver uma interlocução sobre educação filosófica e formação de professores. O texto tende a concluir, com base na tese proposta, que o horizonte crítico é a finalidade da educação filosófica e transformação do filosofar em práxis como condição à formação de professores.

Biografia do Autor

Evandro Ghedin, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Professor Adjunto no Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (ICET) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Graduado em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília. Mestre em Educação pela UFAM. Doutor em Filosofia da Educação e pós-doutor em Didática pela USP. Professor permanente do PPGE-UFAM.

Publicado
2018-11-27