Formação de professores e o orgulho de trabalhar na Escola Rural Municipal Vilson Hasselmann: articulando a identidade dos sujeitos do campo no Município de Quitandinha - Paraná

  • Norbena Maria Matias da Rocha Prominas

Resumo

O presente artigo fez parte de uma pesquisa desenvolvida junto ao projeto intitulado “Realidade das escolas do campo na Região Sul do Brasil: diagnóstico e intervenção pedagógica com ênfase na alfabetização, letramento, e formação de professores” aprovado pelo edital 038/2010 da CAPES/INEP – Observatório de Educação núcleo em rede com UFSC, UTP e UFPel. A pesquisa desenvolvida teve como temática “A formação de professores e o orgulho de trabalhar na Escola Rural Municipal Vilson Hasselmann: articulando a identidade dos sujeitos do campo no Município de Quitandinha - Paraná”. A pesquisa desenvolve-se a partir de encontros de formações com os profissionais da instituição. Os principais temas estudados foram a concepção da Educação do Campo, a identidade dos sujeitos do campo, alfabetização, letramento e o projeto político - pedagógico. Constatase que a dialogicidade e à reflexão em grupo possibilitaram novos olhares e um novo ressignificado às práticas educativas.

Biografia do Autor

Norbena Maria Matias da Rocha, Prominas

Coordenadora pedagógica da Escola Rural Municipal Vilson Hasselmann. Graduada em Pedagogia pela FAPI Faculdade São Judas Tadeu em Pinhais. Beneficiário de auxílio financeiro da CAPES/INEP. Atualmente cursa Psicopedagogia e Educação do Campo pela Prominas.

Publicado
2018-09-25