Diálogo necessário na construção do projeto político-pedagógico nas escolas localizadas no campo

  • Rosana Aparecida da Cruz Universidade Tuiuti do Paraná - UTP

Resumo

Este artigo apresenta o trabalho coletivo na reelaboração dos projetos políticos-pedagógicos das escolas localizadas no campo do Município de Tijucas do Sul-PR. Os debates realizados com a comunidade escolar, por meio de grupos de estudos e seminários, vêm proporcionando momentos de diálogo sobre a concepção da Educação do Campo e a identidade dos sujeitos do campo na construção do Projeto político-pedagógico nas quinze instituições de ensino, contemplando os Centros Municipais de Educação Infantil e o Ensino Fundamental. Tais discussões nos remetem a problematizar: que escola temos? Que escola queremos? E, a partir dessas reflexões, serão direcionados os objetivos pretendidos pelo coletivo de cada escola. Os debates iniciaram-se em 2012 e as pessoas passaram a ser protagonistas de sua própria construção num processo dialógico e de reflexão coletiva. Constata-se que estes encontros coletivos com a comunidade escolar possibilitam novos olhares e novos direcionamentos nas práticas educativas.

Biografia do Autor

Rosana Aparecida da Cruz, Universidade Tuiuti do Paraná - UTP

Doutoranda em educação pela Universidade Tuiuti do Paraná. Mestra em educação
(UTP). Membro integrante do NUPECAMP (Núcleo de pesquisa em Educação do Campo,
Movimentos Sociais e Práticas Pedagógicas). Bolsista com financiamento CAPES/INEP.

Publicado
2018-09-18