Neoliberalismo, Ambiente e o Papel dos Educadores : entre a Reprodução e a Autonomia

  • Gustavo Ferreira da Costa Lima

Resumo

O presente ensaio visa discutir as relações entre os contextos globais contemporâneos, seus impactos sobre o meio ambiente e reflexos sobre a prática dos educadores, em geral, e, em especial, dos que se voltam à educação ambiental. Para nortear essa reflexão, elegeram-se três grandes eixos temáticos e problemáticos que têm ameaçado a qualidade de vida humana e não humana que são o neoliberalismo, a crise climática e a aceleração temporal dos processos e relações sociais, decorrentes de mudanças econômicas e tecnológicas nos sistemas e relações de produção vigentes. Para problematizar os temas sugeridos, propõe-se um diálogo com a literatura referente às temáticas consideradas, com o instrumental da Ecologia Política, com a Teoria da Complexidade e com a Educação ambiental crítica. A reflexão empreendida, considera que o desenvolvimento recente do capitalismo global tem produzido um conjunto de crises que ameaça a integridade da biosfera, a possibilidade da democracia, como pacto mediador dos conflitos e das relações socioambientais e o exercício de um pensamento e conhecimento críticos, capazes de emancipar os indivíduos e as coletividades das múltiplas formas de opressão que se abatem sobre eles. Diante desses contextos adversos, as alternativas que se colocam apontam para a resistência, a renovação dos laços de solidariedade e a construção de ações afirmativas de defesa dos direitos e da vida humana e não-humana.

Publicado
2018-07-12