Educação e Realidade: Pensamento de Lauro Esmanhoto

  • Naura Syria Carapeto Ferreira Universidade Tuiuti do Paraná

Resumo

Este artigo que decorre dentre outras, de uma pesquisa sobre a vida e obra do professor paranaense Lauro Esmanhoto, destaca o exemplo de educador que forma pela palavra e pela ação. Professor em todos os níveis de ensino, foi administrador e o precursor da Administração da Educação e Educação Comparada no Estado do Paraná e no Brasil. Fundador da ANPAE, Professor Emérito da UFPR entre outros títulos e feitos. O artigo objetiva, a partir de fontes primárias e secundárias, trazer à luz a história de vida de um educador, professor, político e gestor que dedicou toda a sua vida ao ensino, à educação e à luta política em prol da educação de qualidade para todos.

Biografia do Autor

Naura Syria Carapeto Ferreira, Universidade Tuiuti do Paraná
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Católica de Pelotas/RS (1967), mestrado em Educação - Área de Concentração Currículo pela Universidade Federal do Paraná (1980) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992). Atualmente é professor (aposentada) da Universidade Federal do Paraná, professor titular da Universidade Tuiuti do Paraná, sócia da Associação Nacional de Política e Administração da Educação - ANPAE, sócia fundadora da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Educação - ANPED, sócia fundadora da Sociedade Brasileira de História da Educação - SBHE, sócia fundadora do Centro de Estudos Educação e Sociedade, sócia da ANPAE ? Associação Nacional de Política e Administração da Educação, sócia da Associação de Professores da Universidade Federal do Paraná/SIND-ANDES, sócia da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação ? SPCE, sócia da AFIRSE - Portugal ? Association Francophone Internationale de Recherche Scientifique en. Education. Fundadora da Seção Estadual da ANPAE/ Paraná da qual foi diretora por 4 anos. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Políticas públicas e gestão da educação atuando principalmente nos seguintes temas: gestão democrática da educação, políticas de formação de profissionais da educação, cidadania, formação humana, políticas públicas e administração da educação.

Referências

APARÍCIO, L. Curso para adminitradores e supervisores da educação na
América Latina. CRPE/OEA, 1972.
ARMSTRONG, R.J. Desarrollo y evaluación de ob jetivos de conducta. Buenos
Aires: Guadalupe, 1973.
ARROYO, M. Ofício de Mestre: Imagens e auto-imagens. Petrópolis, Petrópolis/
Brasil: Editora Vozes, 2001.
BOURDIEU, P. A ilusão biográfica. In: FERREIRA,M.M.&AMADO,J.(ORG)
Usos e abusos da História Oral. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio
Vargas,1998.p 183-191
BRADFIELD, L. E.La función de la superisiónen la escuela primária. Buenos
Aires: Ateneo, 1968.
BRENBECK, L & TIMITHY, T.Nuevas estratégias para el desattollo educativo.
Buenos Aires: Guadalupe, 1976.
BRIGGS, L.l ordenamiento de sequência en la instrución. Buenos Aires,
1973.
BURMEISTER,L. Reading strategies for secundary school teachers.Califórnia:
Wesley, 1974.
CÂMARA MUNCIPAL DE CURITIBA. Livro de Leis Municipais n. 01, Leis 001
a 142, Curitiba, 1948.
______. Livro de Leis Municipais n.02, Leis 143 a 238 - vol.1, Curitiba/
PR,1949.
CÂMARA MUNCIPAL DE CURITIBA. Livro de Leis Municipais n.03 Leis 239 a
30. Curitiba/PR, 1950.
______. Levantamento das Legislaturas e Vereadores (1947-2000), Curitiba/
PR, maio, 1999.
ESMANHOTO, L. Entrevista concedida aos Professores Evaldo Montiani Ferreira
e Maria Dativa de Salles Gonçalves. Curitiba, 1999. FERREIRA, N. S. C. Supervisão Educacional: uma reflexão crítica.16 ed. revista
e ampliada. Petrópolis: Vozes, 2012.
FERROTTI, F. Sobre a autonomia do método biográfico. In: NÓVOA, A. &
FINGER, M. O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da
Saúde/Departamento de Recursos Humanos, pp. 17-34. 1988.
FONTES SELECIONADAS de arquivos organizados pelas filhas Rita Esmanhoto
e Maria do Pilar Esmanhoto.
FRANSET, J. Supervisión escolar como guia. México: Trilhas, 1969.
GOETHE, J. W. O Fausto. Lisboa: Guimarães Editora, 1973.
Câmara de Vereadores de Curitiba. Livros de Leis 1947,1948 e 1950.
Curitiba:
IANNI, O. Teorias da Globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,
1995.
IANNI, O. “O cidadão do mundo” In: LOMBARDI, J.; SAVIANI, D. &
SANFELICE, J. Capitalismo, trabalho e educação. Campinas/SP: Editora Autores
Associados, HISTEDBR, 2002.
MAGALHÃES FILHO, F. Evolução histórica da economia paranaense. In: Revista
paranaense de desenvolvimento,28.Curitiba:BADEP, jan/fev 1972.
NEAGLEY, R. Técnicas de la moderna supervisión escolar. Buenos Aires:
Troquel, 1969.
SAVIANI, D. Educação: do senso comum à consciência filosófica. São Paulo:
Cortez Editora, 1980.
SAVIANI, D. Escola e democracia. Coleção “Polêmicas do nosso tempo”. São
Paulo: Cortez Editora/ Autores Associados, 1983.
SEEC III MILÊNIO – Série Gente Nossa – Educação. Capa e Contracapa. In:
Apostila de Matemática, Química e Biologia. Extensivo 8B. Curitiba:Distribuidora
de Material Didático, 2000.
TRINDADE, E.M.C.& ANDERAZZA, M.L. Cultura e educação no Paraná.
Curitiba: SEED, 2001.
WILES, K. Ténicas de supervisión para mejore escuelas. México: Trilhas,
1973.
Publicado
2017-05-26