Identidade Social de Raça e Gênero em Sala de Aula e o Papel do Professor Enquanto Educador Social

  • Keila de Oliveira Aluna especial no GEPLIS/UEPG
  • Aparecida de Jesus Ferreira Professora Doutora e Orientadora do Trabalho (UEPG). Grupo de Trabalho: Educação Social e Questões Étnico-Raciais / Comunicação Oral/Sinalizada.

Resumo

Este artigo tem por objetivo uma breve reflexão acerca de estudos sobre
questões voltadas ao tema da identidade social de raça e de gênero e suas
implicações nas salas de aula. Traz também uma abordagem no que se refere
ao comprometimento do professor enquanto parte do processo de formação
de identidades, e seu papel enquanto educador social, principalmente no
que se refere a identidade(s) de raça e de gênero, tema que está em alta na
nossa sociedade. A pergunta que se encontra respondida no artigo é: Quais
são as perspectivas de abordar identidades sociais de raça e de gênero em
sala de aula e o papel do professor? Para essas reflexões serão considerados
autores como Domingues (2005), Gomes (2005), Hall (2011), Ferreira (2011, 2012, 2014) e Ribas Machado (2014), entre outros autores. As questões abordadas visam contribuir para que os docentes possam refletir como podem, enquanto professores, intervir positivamente para discutir sobre essas questões em sala de aula de maneira responsável. Desta forma é necessário perceber a necessidade de abordar o assunto de maneira esclarecedora, buscando garantir que as diferenças sejam respeitadas, visando construir uma sociedade plural, mas que se posicione intransigentemente em prol de igualdade de direitos.

Biografia do Autor

Keila de Oliveira, Aluna especial no GEPLIS/UEPG
Graduada em Licenciatura em Pedagogia. Mestranda no Programa de Pós Graduação em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG. Cursando Especialização em História, Arte e Cultura - Linhas de pesquisa: Identidades sociais de raça, gênero e classe. Formação de professores. Atuação do pedagogo em espaços não formais de ensino. Pedagogia Social.
Aparecida de Jesus Ferreira, Professora Doutora e Orientadora do Trabalho (UEPG). Grupo de Trabalho: Educação Social e Questões Étnico-Raciais / Comunicação Oral/Sinalizada.
Possui Pós doutorado (2015), e doutorado em Educação de Professores e Linguística Aplicada - Universidade de Londres - Inglaterra (2005), mestrado em Linguística pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e graduação em Letras Português Inglês pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1990). Atualmente é professora associada da UEPG - Universidade Estadual de Ponta Grossa. Atuando no curso Letras graduação (Língua Inglesa, Prática de Ensino) e no Mestrado em Linguagem, Identidade e Subjetividade na mesma instituição. É professora do programa de mestrado e doutorado em Letras na Unioeste. Já publicou oito livros no Brasil. Publicou também um livro nos Estados Unidos. Tem vários artigos publicados em livros e periódicos científicos, no Brasil, Inglaterra, Estados Unidos, Angola, Portugal, Colômbia e Espanha. Tem experiência na área de Linguística Aplicada, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores (Línguas Adicionais e Língua Portuguesa), prática de ensino de língua inglesa, ensino e aprendizagem de línguas adicionnais, análise e desenvolvimento de materiais de ensino, análise de livro didático, letramentos escolares, e os processos de construção de identidades sociais de professores de línguas, e de identidades sociais raça e gênero. É parecerista de vários periódicos. Foi, pesquisadora visitante pelo Kings College London - Universidade de Londres, Inglaterra (2014-2015).

Referências

BRASIL. Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnicoraciais e para o ensino da História Afro-Brasileira e Africana. Brasília, DF: SECAD/ME, 2004.

DOMINGUES, Petrônio. O mito da democracia racial e a mestiçagem no
Brasil (1889 – 1930). Revistas Científicas de América Latina y el Caribe,
España. 2005.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Identidades sociais de raça, gênero,
sexualidade e classe nos livros didáticos de línguas estrangeiras na perspectiva da linguística aplicada. In Aparecida de Jesus Ferreira (Org.) As Políticas do Livro Didático e Identidades Sociais de Raça, Gênero, Sexualidade e Classe em Livros Didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014a, p.143-158.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Teoria Racial Crítica e Letramento Racial
Crítico: narrativas e contranarrativas de identidade racial de professores de Línguas. Revista da ABPN• v, v. 6, n. 14, p. 236-263, 2014b.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Identidades sociais de raça, gênero,
sexualidade e classe nos livros didáticos de línguas estrangeiras na perspectivada linguística aplicada. In: FERREIRA, Aparecida de Jesus (Org.). As políticas do livro didático e identidades sociais de raça, gênero, sexualidade e classe em livros didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014c. p. 143-158.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Identidades sociais, letramento visual e
letramento crítico: imagens na mídia acerca de raça/etnia. Trabalho em
Linguística Aplicada, v. 51, 2012.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Addressing race/ethnicity in Brazilian schools: a critical race theory perspective. Seattle, WA, USA: CreateSpace, 2011.

FERREIRA, Aparecida de Jesus. Histórias de professores de línguas e experiências com racismo: uma reflexão para a formação de professores. Revista Espéculo, v. 43, 2009.

FERREIRA, Aparecida de Jesus; FERREIRA, Susana Aparecida. Raça/etnia, gênero e suas Implicações na construção das identidades sociais em sala de aula de Línguas. RevLet – Revista Virtual de Letras, v. 03, nº 02, p. 114-129,
ago./dez. 2011.

GOMES, Nilma Lino. Alguns termos e conceitos presentes no debate sobre relações raciais no Brasil: uma breve discussão. Educação anti-racista: caminhos abertos pela Lei Federal, v. 10639, n. 03, 2005.

HALL, Stuart. Pensando a diáspora (Reflexões sobre a terra no exterior). In: SOVIK, Liv (Org.). Da diáspora: identidades e mediações culturais. Trad. Adelaine La Guardia Resende. Belo Horizonte: Editora UFMG; Brasília, DF: Representação da Unesco no Brasil, 2003.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. 11. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2011.

JORGE, Miriam. Livros didáticos de línguas estrangeiras: construindo
identidades positivas. In: FERREIRA, Aparecida de Jesus (Org.). As políticas do livro didático e identidades sociais de raça, gênero, sexualidade e classe em livros didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014. p. 73-87.

LOURO, Guacira. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pósestruturalista. Rio de Janeiro: Vozes, 1998.

MACHADO, Érico Ribas; PAULA, Ercília Maria Angeli Teixeira de. A pedagogia social na educação: análise de perspectivas de formação e atuação dos educadores sociais no Brasil. Revista Congr. Intern. Pedagogia Social, mar. 2009.

MASTRELLA-DE-ANDRADE, Mariana; RODRIGUES, Jayfferson Rodrigues. A construção de identidades no livro didático de inglês: classe social, raça e o outro. In: FERREIRA, Aparecida de Jesus (Org.). As políticas do livro didático e identidades sociais de raça, gênero, sexualidade e classe em livros didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014.

MELO, Glenda Cristina Valim. O LUGAR DA RAÇA NA SALA DE AULA DE
INGLÊS. Revista da ABPN• v, v. 7, n. 17, p. 65-81, 2015.

NOGUEIRA, Juliana Keller; FELIPE, Delton Aparecido; TERUYA, Teresa
Kazuko. Conceitos de gênero, etnia e raça: reflexões sobre a diversidade cultural na educação escolar. Revista Fazendo gênero 8 – Corpo, Violência e Poder. Florianópolis, p. 1-7, 2008.

PEREIRA, Ariovaldo. Identidades sociais de gênero em livros didáticos de
língua estrangeira. In: FERREIRA, Aparecida de Jesus (Org.). As políticas do livro didático e Identidades sociais de raça, gênero, sexualidade e classe em livros didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014, p. 205-223.

RENK, Valquiria Elita. O Estado e as políticas de branqueamento da população nas escolas, nas primeiras décadas do século XX, no Paraná. Acta Scientiarum Education. Maringá, v. 36, nº 2, p. 223-231, 2014.

SILVA, Paulo; TEIXEIRA, Rozana & PACIFICO, Tânia. Programas de distribuição de livros e hierarquias raciais: o que dizem os/as alunos/as negros/as? In: FERREIRA, Aparecida de Jesus (Org.). As políticas do livro didático e identidades sociais de raça, gênero, sexualidade e classe em livros didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014. p. 23-45.

TILIO, Rogério. Reflexões acerca do conceito de cultura. Revista Eletrônica do Instituto de Humanidades. Volume VII, número XXVIII, jan./mar. 2009.

TILIO, Rogério & SOUTO JÚNIOR, Hélio Marques de. Gênero e sexualidade em livros didáticos: impactos da avaliação do PNLD? In: FERREIRA, Aparecida de Jesus (Org.). As políticas do livro didático e identidades sociais de raça, gênero, sexualidade e classe em livros didáticos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014. p. 47-71.
Publicado
2017-06-02