Bases Gramscianas para Compreensão da Política Educacional como Expansão da Hegemonia

  • Joelines Rodrigues de Sousa

Resumo

Um dos grandes pilares da força hegemônica dominante, especialmente no contexto hodierno, é a Política educacional, esta tem se tornado central na formação de professores, transmitindo as diretrizes para a conduta de trabalho e ensino fixadas pelos organismos internacionais. Nesse sentido, a concepção original de hegemonia delineada por Gramsci torna-se uma fonte de inspiração fundamental para compreender os meandros que engendram as relações de força, enfrentar os impasses atuais e construir uma sociedade livre e emancipada.

Biografia do Autor

Joelines Rodrigues de Sousa
Professora do Departamento de Fundamentos da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Antonio Gramsci G-Gramsci. Coordenadora Nacional de Comunicação da International Gramsci Society - IGS/Brasil. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (2008). Mestra em Educação Brasileira pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Ceará (2012). Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense. Desenvolve pesquisa em Ontologia Marxiana, Trabalho, Educação, Formação humana e Práxis. Tem experiência e possui interesse na área de Educação, com ênfase principalmente nos seguintes temas: Fundamentos e Teorias da Educação; Política Educacional; Trabalho, Práxis e Formação Humana.

Referências

DIAS, Edmundo Fernandes. Política brasileira: Embate de projetos hegemônicos.
São Paulo: Editora Instituto José Luís e Rosa Sundermann, 2006.
GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere, vol. 3. Rio de Janeiro: Civilização
Brasileira, 2011a.
______. Cadernos do Cárcere, vol. 5. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,
2011b.
______. Cartas do Cárcere, vol. 2. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira,
2005.
ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do Estado.
São Paulo: Expressão Popular, 2010.
LEHER, Roberto. Um novo senhor da educação? A política educacional do
Banco Mundial para a periferia do capitalismo. Outubro – Revista do Instituto
de Estudos Socialistas, n. 03, São Paulo, 1999.
LIGUORI, Guido. Estado e sociedade civil: entender Gramsci para entender a
realidade. In: COUTINHO, Carlos N. Ler Gramsci, entender a realidade. Rio
de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.
MARX, Karl. Glosas críticas marginais ao artigo O rei da Prússia e a reforma
social: de um prussiano. São Paulo: Expressão Popular, 2010.
MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo,
2007.
MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. São Paulo:
Martin Claret, 2010.
PONCE, Aníbal. Educação e luta de classes. São Paulo: Ed. Cortez, 2007.
Publicado
2017-06-07