Formação de Professores: projetos escolares como possibilidade de transversalizar a educação ambiental na educação básica

Resumo

Este artigo refere-se a um estudo embasado pela pesquisa qualitativa, com abordagem fenomenológica e hermenêutica, tendo como questão de pesquisa: o que é isso que se mostra de Educação Ambiental Crítica e Transformadora nas narrativas acerca do contexto escolar brasileiro e colombiano? O objetivo da pesquisa intentou compreender como a Educação Ambiental Crítica e Transformadora se mostra nas escolas da Educação Básica, em diferentes lugares socioespaciais no Brasil e na Colômbia. Para a produção dos dados foram utilizadas entrevistas narrativas, sendo analisadas pela abordagem da Análise Textual Discursiva (MORAES; GALIAZZI, 2016). Desse modo, a partir de uma categoria emergente, apresentamos o metatexto intitulado: A formação inicial e continuada de professores: os projetos escolares como possibilidade de transversalizar a Educação Ambiental. A relevância social desta pesquisa consiste em potencializar e instrumentalizar a práxis de Educação Ambiental Crítica e Transformadora, a partir de projetos escolares no cotidiano escolar, por meio da formação de professores, tanto no Brasil como na Colômbia.

Biografia do Autor

Cláudia da Silva Cousin, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Rio Grande, RS, Brasil. Doutora em Educação Ambiental pela FURG. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental (PPGEA). email: profaclaudiacousin@gmail.com

Leidy Gabriela Ariza Ariza, Universidade Pedagógica Nacional – UPN (Colômbia)

Universidade Pedagógica Nacional (UPN). Bogotá, Colômbia. Doutora em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Professora na UPN. email: leidygabrielaa@yahoo.es

Publicado
2022-04-04