Professora de estudantes com deficiência, e agora? Relato de experiência antes e após formação continuada

Resumo

Entre as demandas da inclusão escolar está a formação continuada dos professores que atuam com estudantes com deficiência. Na prática, o que vem ocorrendo é que professores sem formação na área da educação especial atuam empiricamente com esses estudantes tanto no contexto da sala de aula comum quanto em salas de recursos multifuncionais. Pesquisas apontam que os professores buscam cursos, por conta própria, nessa área visando auxílio em sua prática docente, pois os cursos sobre educação especial e inclusiva oferecidos pelos Estados e Municípios, além de não suprirem as necessidades de formação, são escassos e não atendem à demanda. Diante do exposto, a presente pesquisa teve por objetivo analisar, por meio de um relato de experiência, a trajetória profissional de uma professora do ensino fundamental que atuou/atua com estudantes com deficiência antes e após sua participação em cursos de formação continuada, em nível de especialização, na área da educação especial. Trata-se de um estudo de caso com abordagem qualitativa cujos instrumentos de coleta de dados foram os diários de registros da experiência dessa professora, além das suas narrativas orais contendo toda sua trajetória profissional. As análises dos relatos da experiência, descritas neste artigo, apontaram a necessidade de ampliação dos cursos de formação continuada para professores na área da educação especial. Para a professora, objeto deste estudo, esses cursos fomentaram ampliação do conhecimento nessa área, conhecimentos que se refletiram criticamente em sua atuação pedagógica junto aos estudantes com deficiência.

Palavras-chave: Educação Especial. Relato de experiência. Formação continuada.

Biografia do Autor

Beatriz Ribeiro Aleluia Picolini, UFG

Secretaria Estadual de Educação de Goiás. SEDUC. Goiás/ Pires do Rio. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Goiás. E-mail: biaderibeiro@gmail.com.

Dan´´usia Cardoso Lago, DCL, Universidade Federal da Bahia - UFBA/Instituto Multidisciplinar em Saúde - IMS

Universidade Federal da Bahia (UFBA), Instituto Multidisciplinar em Saúde - IMS. Vitória da Conquista, Bahia, Brasil. Doutora em Educação Especial pela UFSCar. email: danusia.lago@ufba.br

Dulcéria Tartuci, Universidade Federal de Catalão - UFCat

Universidade Federal de Catalão (UFCat). Catalão, Goiás, Brasil. Doutora em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba. email: dutartuci@gmail.com 

Publicado
2020-12-03