Reflexões sobre currículo integrado na educação do campo

Resumo

A história da educação de jovens e adultos no Brasil tem uma origem marcada por políticas compensatórias, descontínuas e sem um verdadeiro compromisso social com a oferta de uma educação de qualidade social. Um modelo educacional que se contrapõe à realidade, necessidades e dinamicidade dos camponeses, que anseiam por uma escola que possa ser um espaço de vivências pedagógicas, cujo currículo valorize suas identidades, que possibilite aprendizagens mais significativas e a superação da fragmentação dos saberes. Esta apresentação é um recorte da pesquisa do Mestrado em Educação (PPGFPPI) da Universidade de Pernambuco - e teve como foco investigar a prática educativa de professores/as a partir do conceito de currículo integrado em turmas de Educação de Jovens e Adultos do Campo, em uma escola da rede pública estadual, situada na zona rural da cidade de Petrolina/PE. A metodologia orientou-se pelos princípios da abordagem qualitativa, do tipo descritiva e exploratória e os dados foram coletados por meio da análise documental, observação, aplicação de questionários e realização de entrevistas. As investigações sinalizaram que a práxis investigada está fundamentada na proposta de Educação do Campo da rede estadual de PE, cujos princípios encontram-se alicerçados na concepção de currículo integrado, na vivência do planejamento coletivo e reconhecimento do contexto escolar, contudo, apresentam compreensão superficial quanto ao entendimento do movimento interdisciplinar na prática, além da necessidade do fortalecimento do processo formativo individual e coletivo.  

Biografia do Autor

Josenilde Lima dos Santos, Secretaria de Educação de Pernambuco

Pedagoga pela Universidade do Estado da Bahia (1998) e graduada em Letras - Português / Inglês pela Universidade de Pernambuco (2004). Atualmente é efetivo - Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras. Atuo na área de Formação de Professores de Língua Inglesa e Educação de Jovens e Adultos. Mestre em Educação no Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores e Práticas Interdisciplinares / UPE. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Escolar e não Escolar no Sertão Pernambucano (GEPESPE), da Universidade de Pernambuco.

Odair França de Carvalho, Universidade de Pernambuco

Graduado em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2002) e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2006) e Doutor pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU foi orientando da Professora Dr. Selva Guimarães e no estágio de doutoramento(PDSE) co-orientado pelo professor Joan Pagès na Universidade Autônoma de Barcelona - UAB. Professor Adjunto da Universidade de Pernambuco-UPE. Membro do colegiado de Pedagogia e Coordenador de Extensão da Universidade de Pernambuco. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação de Adultos em prisões, Educação em espaços não escolares e Gestão Educacional.

Publicado
2021-10-18