A Pós-Graduação Stricto-Sensu na UEPG: desafios para tecer um novo amanhã

  • Esméria de Lourdes Saveli
  • Maria José Dozza Subtil

Resumo

O corpo de pesquisadores e alunos do Mestrado em Educação da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) festeja a nota 4 (quatro), obtida pelo Programa, na última avaliação da CAPES. Esse resultado foi motivo de muita satisfação para toda a equipe de docentes/pesquisadores e alunos porque significa um grau de excelência insistentemente buscado nos últimos anos.
O feito de agora é resultado de tensões, esforços, persistência e, sobretudo, a crença de que é possível tecer um novo amanhã. Parafraseando o grande poeta, João Cabral de Melo Neto, a tessitura desse amanhã é resultado do grito de muitos galos uma vez que um galo sozinho não tece um amanhã. Ele precisará sempre de outros galos, de um que apanhe esse grito e que o lance a outro e de um outro, com muitos outros, que apanhem e lancem gritos de galo que cruzados tecem os fios de sol da manhã. Assim, nesse entrelaçar de gritos se dá a construção de um novo amanhã.

Publicado
2018-11-06