GESTÃO DO CONHECIMENTO: DA “PRODUTIVIDADE” À HUMANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO

  • Naura Syria Carapeto Ferreira

Resumo

Há algum tempo, refletindo sobre a forma pela qual, nos últimos anos, produzimos as nossas existências, como pessoas e como profissionais da educação, tenho me surpreendido e muitas vezes perplexa, em verificar que no “corre-corre” diuturno dessa “produção” da existência humana, o “produto” tem redundado, prioritariamente, em “cansaço”, “impotência”, “insatisfação”, “frustração”, “decepção”, e tantos outros sentimentos negativos causadores de insanidades de toda ordem. Em contrapartida, tenho me surpreendido, também, e atônita a “correr” atrás das informações e de produções científicas, tecnológicas, informatizadas que veiculam na “aldeia global” em que se tornou o planeta no afã de mais condições de atender e “produzir” as demandas sociais de toda ordem que se impõem à minha existência.

Publicado
2018-11-06