O movimento dos Educadores na década de 1980 no Estado de Santa Catarina - luta por salários e participação democrática nos rumos da educação: conteúdos civilizacionais

  • Maria de Fátima Rodrigues Pereira

Resumo

A apropriação e propagação da memória histórica é uma questão política, pois, diz respeito à luta pelo governo, à condução hegemônica das ações em uma determinada formação social. Focamos nossa atenção, neste texto, no movimento social dos educadores, ocorrido na década de 1980, no Estado de Santa Catarina e seu contexto histórico, com a finalidade de extrairmos conteúdos civilizacionais que nos orientem nas nossas práticas sociais. Incluímos o movimento dos educadores catarinenses na categoria de movimento de trabalhadores, por conta da luta reivindicatória por melhoria dos salários e por participação política. Orientamo-nos, pelas seguintes problemáticas: Que relações há a estabelecer entre o contexto histórico e o movimento dos educadores catarinenses? Que políticas educacionais foram respaldadas pelo movimento dos educadores? Que conteúdos civilizacionais podemos inferir desse movimento que possam nos orientar nas nossas práticas sociais?

Publicado
2018-11-06