Centros, redes, proyectos

  • Mariano Fernandez Enguita

Resumo

Esta reflexão articula a transformação da escola com a idéia do trabalho em rede posta em circulação na literatura já clássica no contexto da sociedade informacional, contexto pode se descrito “sociedade transformacional” para salientar a vertiginosa realidade intrageneracional das mudanças sociais. Esta nova realidade põe em questão as mais fundamentais rotinas de trabalho de uma instituição de ensino pensada para etapas de mudanças mais lentas e produzidas no marco de uma antiga divisão ente os produtores e os receptores de conhecimento, o momento da “escola-rede” que ultrapassa as visões encapsuladas de uma escola encerrada em si mesma para abrir-se ao desafio intelectual de pensar nos centros educativos como pontos de intersecção de outras redes que reforçam (ou deveriam reforçar) seu sentido público.

Publicado
2018-11-06