Educar, Socializar e Disciplinar o Corpo:

um Estudo Sobre as Culturas Escolares em Cuiabá/MT

  • Jocaf Leitner Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC), Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (CEFAPRO), Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura (COEDUC).
  • Beleni Saléte Grando Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado de Mato Grosso (PPGEdu/UNEMAT), Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura (COEDUC)

Resumo

Este estudo teve por objetivo conhecer a realidade da educação escolar, a
partir de adolescentes, no cotidiano de três escolas públicas estaduais de
Cuiabá, com formas distintas de organização (confessional, militar, civil),
reconhecendo suas formas de educar, socializar e disciplinar os corpos
em relação, nas rotinas escolares. A pesquisa, realizada em 2010-2011,
por meio de observação, entrevista e análise documental, teve como foco
a comunidade escolar e os espaços fora da sala de aula e nas aulas de
Educação Física. Os resultados mostraram uma diversidade nas formas
de organizar e administrar a escola, com diferentes compreensões sobre
educar, socializar e disciplinar os corpos nos espaços e tempos da escola em
Cuiabá. Nas aulas de Educação Física, embora com uma mesma orientação
expressa nos documentos oficiais, há também diferentes culturas corporais
sendo implementadas.
Palavras-chave: Cultura escolar; Educação do corpo; Educação Física.

Biografia do Autor

Jocaf Leitner, Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC), Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (CEFAPRO), Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura (COEDUC).

Mestre em Educação.

Beleni Saléte Grando, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado de Mato Grosso (PPGEdu/UNEMAT), Núcleo de Estudos sobre Corpo, Educação e Cultura (COEDUC)

Doutora em Educação.

Publicado
2012-05-04