Câncer Infantil e Classes Hospitalares: Realidades que se Cruzam

  • Magna Celi Mendes da Rocha PUC - SP
  • Mitsuko Aparecida Makino Antunes PUC - SP

Resumo

Com os progressos da medicina nas ultimas décadas o câncer deixou de ser uma doença fatal e passou a ser considerada doença crônica. Com reais chances de sobrevida, os pacientes precisam ser tratados em vista de retomar o rumo de sua vida, após o tratamento. No caso de crianças e adolescentes com câncer, à educação tem um papel fundamental nesse processo e precisa ser garantida para todos. Apoiado em pesquisas e na legislação brasileira vigente o artigo discuti a importância das Classes Hospitalares como garantia do direito inalienável de todos a educação. Apresenta ainda a experiência da Escola Especializada Schwester Heine que desde 1987 atua na oncologia pediátrica do Hospital A.C. Camargo, em São Paulo.

Publicado
2018-08-17