As Políticas Curriculares E A Produção Científica De Currículo No Brasil

Tendências E Desafios

  • Naura Syria Carapeto Ferreira Universidade Tuiuti do Paraná
  • Márcia Rakel Grahl

Resumo

O debate sobre currículo tem-se intensificado no Brasil, por sua importância e pelas políticas curriculares que evidenciam multiplicidade de referências teóricas, apontando as grandes transformações das sociedades no contexto da globalização econômica, da mundialização da cultura, da redução das distâncias espaço temporais. Este trabalho decorre da pesquisa “Correntes e tendências das Políticas Curriculares no Brasil: 2000-2010” que objetivou: examinar o desenvolvimento histórico do estatuto teórico do currículo; compreender as influências que demarcaram a construção das teorias de
currículo no Brasil; identificar tendências e desafios. Foram analisadas a produção de teses do Banco da Capes. Foram mapeadas e tabuladas 402 teses localizadas nas cinco regiões Brasileiras.


Palavras-chave: políticas curriculares; currículo; formação.

Biografia do Autor

Naura Syria Carapeto Ferreira, Universidade Tuiuti do Paraná

Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil(1992)
Colaborador da Universidade do Minho , Portugal.

Márcia Rakel Grahl

Mestrado em Educação pela Universidade Tuiuti do Paraná, Brasil(2012)
Professora do Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba , Brasil

Publicado
2018-08-08