Movimento docente no Brasil: os limites das suas palavras de ordem- cidadania e democracia já

  • Maria de Fátima Rodrigues Pereira Universidade Tuiuti do Paraná

Resumo

Os economistas, com base na queda das taxas globais de acumulação, têm considerado a década de 1980 perdida. O Brasil que tinha acelarado o processo de industrialização, apresentou, também, taxas negativas após alto crescimento na década de 1970. Como contratendência, foram incorporados resultados de pesquisas científicas e tecnológicas, da formação profissional. Politicamente, os objetivos eram múltiplos e heterogêneos: a burguesia estava empenhada em mudar o estilo de dominação política, as classes trabalhadoras urbanas e rurais chocavam-se abertamente com a política social e salarial da ditadura militar. Neste cenário, desenvolveram-se, com vistas a ampliar os espaços de participação política na socialização da riqueza e do poder - os movimentos sociais - entre os quais o dos educadores. Duas foram as pautas de luta: 1 conquista de direitos trabalhistas teve na greve seu instrumento de atuação; 2 defesa da democratização da educação, do planejamento participativo, da cidadania. Esta comunicação analisa os paradoxos da democracia e cidadania enquanto direitos abstratos, conformados aos interesses burgueses do atual modo de existência. Apresenta os limites históricos das lutas do movimento docente para a consecução da emancipação humana.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Rodrigues Pereira, Universidade Tuiuti do Paraná
Universidade Tuiuti do Paraná.

Referências

AURAS, Marli. Poder oligárquico catarinense: da guerra aos “fanáticos” do
Contestado à “opção pelos pequenos”. 1991. Tese (Doutorado em Educação)
– Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1991.
LENINE, Vladimir Ilicht. Obras escolhidas. v. 1. São Paulo: Alfa Ômega, 1980.
MARX, Karl; ENGELS, Friederich. Manifesto comunista. Organização e
introdução Osvaldo Coggiola. São Paulo: Boitempo, 1998.
NEVES, Lúcia Maria W. (Org.). Brasil 2000. Nova divisão de trabalho na
educação. São Paulo: Xamã, 2000.
PINSKY, Jaime; PINSKY, Carla Bassanezi. História da cidadania. São Paulo:
Contexto, 2003.
SROUR, Robert Henry; FONTANA, Remy (Colaborador). A política dos anos
70 no Brasil: a lição de Florianópolis. São Paulo: Econômica Editorial, 1982.