Sempre é Tempo de Saber: uma Ação Extensionista de Alfabetização Digital para Adultos e Idosos

Nájela Tavares Ujiie, Líris Rosalina Kroni Guerra, Regiane da Silva, Jean Carlos Alves da Silva

Resumo


O presente artigo visa à divulgação das ações do projeto de extensão “Alfabetização Tecnológica para Adultos, Educação e Cidadania: Sempre é tempo de Saber”, vinculado ao Curso de Pedagogia, da Universidade Estadual do Paraná, Campus de União da Vitória. Este projeto objetiva a inclusão digital e uso de novas tecnologias, bem como a utilização dos computadores e da internet, para formar adultos e idosos de União da Vitória, localizada no extremo sul do Estado do Paraná e de Porto União norte do Estado de Santa Catarina, saberes indispensáveis nos dias atuais. As aulas são focadas no trabalho coletivo referente à alfabetização tecnológica de adultos, com reuniões periódicas junto aos professores/orientadores. O público alvo é formado por adultos, idosos, voluntários e bolsistas bem como, professor/ orientador, e possui grande importância para que possamos aliar a teoria à prática, observando a realidade, os conhecimentos e necessidades individuais de cada membro inscrito no projeto. O projeto de extensão teve início no ano de 2006, e desde então vem desempenhando uma função social e educacional importante, uma vez que possibilitamos a esses adultos e idosos uma apropriação do conhecimento da tecnologia, e obtemos também um nascedouro de expectativas, superação, interação humana e digital.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Estatuto do Idoso. Brasília-DF: Congresso Nacional/Imprensa Oficial,lei 10.741, de 01 de outubro de 2003. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.741.htm

FRANCO, A. N.; SILVA, J. C. P. Antropometria Estática de Indivíduos da Terceira Idade. São Paulo: Editora UNESP/ Cultura Acadêmica. 2009.

MACIEL, P. C. S.; PESSIM, G.; TENÓRIO, L. C. Terceira Idade e Novas

Tecnologias: Uma Relação de Possibilidades e Desafios. In: Congresso

Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades. Niterói RJ: ANINTERSH/ PPGSD-UFF, 03 a 06 de Setembro de 2012. Disponível em: acesso em: 10 jun. 2016.

OLIVEIRA, R. C.; SCORTEGAGNA, P. A.; SILVA, F. O. A. da. Análise das

Produções sobre Educação na Terceira Idade. In: Cadernos de Pesquisa:

Pensamento Educacional. Curitiba-PR: UTP, v. 11, n. 28, mai./ago. 2016, p. 151-168.

PEREIRA, C.; NEVES, R. Os Idosos e as TIC: Competências de Comunicação e Qualidade de Vida. In: Revista Kairós Gerontologia. v. 14, n1, São Paulo, março 2011, p. 5-26. Disponível em: Acesso em: 08 jun. 2016

PINHEIRO JUNIOR, G. Sobre Alguns Conceitos e as Características de Velhice e Terceira Idade: Uma Abordagem Sociológica. In: Revista Linhas. FlorianópolisSC: UDESC, v.6, n.1, 2005, p.1-14. Disponível em: Acesso em: 08 jun. 2016.

SANTOS, G. A.; VAZ, C. E. Grupos da terceira idade, interação e participação social. In: ZANELLA, A.V. et al. (org.). Psicologia e práticas sociais [online]. Rio de Janeiro: Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2008, p. 333-346. Disponívelem: Acesso em: 07 jun. 2016

YABU, S. N.; UJIIE, N. T. Terceira Idade, Educação Social e Inclusão Digital: Uma Análise Pautada no Projeto “Sempre é Tempo de Saber”, Revista de Ciências da Educação, ano XV, n.28, jun. 2013, p. 89-106


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CADERNOS DE PESQUISA: PENSAMENTO EDUCACIONAL