Ciências Sociais Aplicadas

  • Vários autores

Resumo

Proponho uma análise da adaptação fílmica (2006) da graphic novel “V de Vingança”(1988-89) de Alan Moore e David Lloyde, com ênfase no impacto do tema do terrorismo e de suas imagens no contexto do lançamento do filme. Investigo teoricamente o processo de transposição entre os dois suportes, com o foco na construção da imagem do heroi mascarado e nas marcas da intertextualidade. Para tanto, faz-se necessário efetuar um recorte no estudo da cultura popular contemporânea, em seus conceitos, contextos e intertextos, para focalizar o intenso diálogo intersemiótico entre Cinema e Histórias em Quadrinhos, escolhidos como objetos empíricos desta pesquisa. Justifica-se o viés escolhido para a presente pesquisa pela necessidade de refletir sobre a comunicação imagética na modernidade avançada, mais especificamente sobre os produtos multimidiáticos como manifestações culturais. Com aporte em teorias estéticas, comunicacionais e semióticas, investigarei elementos expressivos do corpus selecionado para estudo, com ênfase na forma como produtos da indústria cultural, aparentemente ligados ao “puro entretenimento”, podem agregar dimensões estéticas em sua morfogênese. A metodologia de pesquisa prevê reflexões sobre as teorias das imagens seqüenciadas, em sua tipologia, gêneros e modalidades de organização. Na sequência, o estudo das neotecnologias de criação e manipulação de imagens, bem como das modalidades de organização das imagens em movimento, servirá de base para o entendimento da narrativa cinematográfica, em suas diferentes facetas e configurações estéticas e comunicacionais.

Publicado
2018-06-19
Seção
Artigos