O ENSINO DE LÍNGUA ESPANHOLA NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DO ALUNO DE ENSINO MÉDIO

  • Tânia Lazier Gabardo

Resumo

O ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras está presente na formação humana desde os primórdios da história. Vários foram os idiomas, as metodologias adotadas e os objetivos almejados. Em determinados momentos da história valorizou-se o conhecimento do latim e do grego adotando-se o método da gramática-tradução com o objetivo de garantir o acesso à literatura clássica, enquanto que em outras ocasiões privilegiaram-se línguas modernas, métodos modernos (para a época em que foram utilizados) e fins diversos. Muito se tem discutido sobre os objetivos da Educação Básica e do papel da disciplina de língua estrangeira no currículo escolar no atual momento histórico. Se objetivo da Educação Básica, como está na LDB é “desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores”, é preciso que o ensino-aprendizagem de língua estrangeira contribua para esse fim.

Publicado
2018-06-14
Seção
Artigos