INFLUÊNCIA DOS ESCORES DE CONDIÇÃO CORPORAL E DA HETEROSE SOBRE OS RESULTADOS DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM TEMPO FIXO

  • Leandro Mocelin de Camargo
  • Rubens César Pinto da Silva
  • Mário Ribeiro Jr
  • Márcio de Oliveira Marques
  • Welington Hartmann

Resumo

Um programa de Inseminação Artificial em Tempo Fixo foi implantado na Fazenda Santa Paula, localizada
em Lavínia – SP, no período de 21 de setembro a 10 de novembro de 2017, em matrizes das raças Nelore e
meio sangue Nelore x Angus. Foram realizados 959 protocolos de IATF. Os resultados obtidos nas taxas de
concepção foram 72,6 %, observando-se maiores taxas nas fêmeas multíparas meio sangue Nelore x Angus
com 74,3% de prenhez e a menor taxa nas primíparas meio sangue Nelore x Angus com 71,2 %. O escore de
condição corporal (ECC) influenciou a taxa de prenhez, notando-se que as matrizes com ECC 3 foram as que
tiveram os melhores índices. O cálculo da heterose demonstrou que as fêmeas F1 foram 5,8 % superiores em
relação as Nelore puras quanto ao índice de concepção.

Publicado
2018-10-02