Docência Na Educação Inclusiva: Problematizando As Concepções Das Ações Profissionais Na Escolarização De Alunos Com Necessidades Educacionais Especiais

  • Ricardo Nogueira Terra
  • Claudia Gomes

Resumo

O presente artigo objetivou caracterizar as concepções docentes frente ao processo de inclusão escolar de alunos com necessidades educacionais especiais (NEE). Para tanto, contou com uma amostra de 60 professores, atuantes em duas escolas públicas de uma cidade da região do Sul de Minas Gerais/MG. Para a coleta de dados foi utilizado como instrumento um questionário, composto por questões fechadas e mistas, que foram analisadas quantitativamente. Como resultados, constatou-se um cenário de incertezas para a efetivação da educação inclusiva nas escolas, ao se constatar que somente 48,3% dos docentes da amostra apontam possuir conhecimento e participação em cursos e palestras alusivas à temática, fato que pode estar embasando a compreensão apontada por 45,5% da amostra de participantes que não considera ser de sua responsabilidade dispensar atenções educacionais aos alunos com NEEs. Quanto às concepções educacionais inclusivas, a compreensão atrelada a inclusão como direito e possibilidade de desenvolvimento educacional aos alunos com NEE é apontada apenas em 5% de respostas, o que demarca claramente que o propósito e objetivo central da proposta educacionais inclusivas não vem sendo efetivamente apontado pelas concepções e posteriores ações docentes. Conclui-se que os participantes apontam desconhecer suas responsabilidades neste processo, assim como indicarem concepções que inviabilizam a efetividade da ação educacional inclusiva a ser oferecida aos alunos em processo de inclusão escolar.
Publicado
2019-05-27