A Educação Social de Rua do Ação Rua - Porto Alegre/ RS: Uma Alternativa Pedagógica?

Santiago Pavani Dias

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar a experiência do Serviço Especializado
em Abordagem Social de Porto Alegre/RS, o Ação Rua, destacando a prática pedagógica-educativa desenvolvida por seus(suas) Educadores(as) Sociais; investigar a possibilidade de aproximação entre essa prática e a Educação Popular proposta por Paulo Freire e sua influência na constituição da Pedagogia Social desenvolvida na América Latina para, em seguida, relacionar essa prática educativa com o conceito de alternativa pedagógica desenvolvido pelo grupo de estudos Alternativas Pedagogicas y Prospectivas Educacionais en America Latina (APPEAL), a fim de verificar se a prática da Educação Social de Rua desenvolvida no Programa Ação Rua pode ser considerada uma alternativa pedagógica, conforme o conceito. As técnicas utilizadas foram a pesquisa documental e as percepções levantadas na experiência dos pesquisadores em aproximadamente cinco anos de atuação Educadores Sociais do Ação Rua, o que podemos considerar como uma observação participante.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. NOB-RH Anotada e Comentada – Brasília, DF: MDS; Secretaria

Nacional de Assistência Social, 2011. 149 p.

FERNANDES, L. P. Nas trilhas da família... como é e o que um serviço

de educação social de rua ensina sobre relações familiares. 2008. 123 f.

Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

FINKLER, L. Avaliação de um projeto social para crianças e adolescentes em situação de rua e suas famílias. 2011. 277 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

FREIRE, P. Educadores de Rua: uma abordagem crítica. Alternativas de

atendimento aos meninos de rua. Bogotá: Editorial Gente Nueva, 1989.

UNICEF. Série Metodológica. Programa Regional Menores em circumtâncias especialmente difíceles. GARCIA-HUIDOBRO, J. E. La educación popular. In: LATAPÍ, P.; CASTILLO (Orgs.). Lecturas sobre la educación de adultos em América Latina. México, DF: Crefal, 1985.

GRACIANI, M. S. S. Pedagogia Social de Rua: análise e sistematização de uma experiência vivida. 5ª ed. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, Coleção Prospectiva, v. 4, 2005.

MACHADO, E. M. A Pedagogia Social: diálogos e fronteiras com a educação não-formal e educação sociocomunitária. Revista Ciências da Educação, São Paulo, n.18, p.99-122, 1º semestre, 2008.

MÉSZÁROS, I. Para além do capital: rumo a uma teoria da transição. 1.ed. revista. São Paulo: Boitempo, 2011. (Mundo do trabalho). Tradução: Paulo Cezar Castanheira, Sérgio Lessa. p. 36-50;94-132.

NETO, J. C. S.; MOURA, R; SILVA, R. (orgs.) Pedagogia Social. 3 ed. São

Paulo: Expressão e Arte, 2014. 324 p.

OBST, J.; FINKLER, L.; SANTOS, S. S. A abordagem social em Porto Alegre: os desafios em seu tempo. In: SCHUCH, Patrice. A Rua em Movimento: debates acerca da população adulta em situação de rua na cidade de Porto Alegre Belo Horizonte - MG: Didática Editora do Brasil. 2012. Disponível em: . Acesso em nov. 2013. p.87-101.

OLIVEIRA, W. F. Educação social de rua: As bases políticas e pedagógicas para uma educação popular. Porto Alegre: Artmed, 2004.

PORTO ALEGRE. Projeto Serviço de Abordagem Social – Ação Rua. Porto

Alegre, RS: FASC, 2014.

PAICA-RUA (org.). Meninos e meninas em situação de rua: políticas integradas para a garantia de direitos. Série Fazer Valer Direitos. v. 2. São Paulo/Brasília: Cortez/UNICEF, 2002.

PAIVA, J. S. Educação social de rua: uma outra prática pedagógica. Gestão Contemporânea, Cidade, V.2, n.1, p. 34-46, 2012.

PUIGGRÓS, A. Sujetos, disciplina y curriculum en los orígenes del sistema educativo argentino. Capítulo 1. Galerna. Buenos Aires, 1990. p. 13-51.

TRILLA, J. O “ar de família” da pedagogia social. In: ROMANS, Mercé.

Profissão: educador social. Porto Alegre: Artmed, 2003. p.15-29.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CADERNOS DE PESQUISA: PENSAMENTO EDUCACIONAL