O Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua - MNMMR Como Origem dos (AS) Educadores - Educadoras Sociais Brasileiros (As)

Érico Ribas Machado

Resumo


Este texto resulta de pesquisa realizada a partir do método historiográfico para alcançar o objetivo de investigar como a Educação Social - Pedagogia Social vem sendo compreendida e organizada no contexto brasileiro. As fontes para o estudo foram constituídas pela bibliografia especializada, pela legislação educacional e pela produção acadêmica sobre o tema. As reflexões apontam para a intrínseca relação histórica com as discussões da Educação Popular e Movimentos Sociais no país. Foi possível identificar que a origem dos Educadores Sociais brasileiros é relacionada ao Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua – MNMMR. A reflexão proposta permite compreender a necessidade do contexto atual de regulamentar a referida profissão e ratifica os argumentos que defendem o Ensino Superior como nível mínimo de formação do Educador Social no Brasil.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Estatuto da criança e do adolescente: Lei federal nº 8069, de 13 de julho de 1990. Rio de Janeiro: Imprensa Oficial, 2002.

_______. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº5346/2009. Dispõe sobre a regulamentação da Profissão do Educador Social. Disponível em: .

______. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº328/2015. Dispõe sobre a regulamentação da Profissão do Educador Social. Disponível em: .

CASTEL, Robert. As armadilhas da exclusão. In: WNDERLEY, M. B.; BÓGUS, L.; YAZBEK, M. C. Desigualdade e a questão social. São Paulo: EDUC, 2000. p.17 – 50.

ENES. Encontros Nacionais de Educação Social. Belo Horizonte: Dinâmica

Gráfica e Editora, 2007. O Movimento Nacional de Meninos... - Érico Ribas Machado 38 Cadernos de Pesquisa: Pensamento Educacional, Curitiba, v. 12, n. 30, p.21-38 jan./abr. 2017.

Disponível em

MAGER, et al. Práticas com crianças, adolescentes e jovens: pensamentos decantados. Maringá: EDUEM, 2011.

MÜLLER, Veronica. R.; RODRIGUEZ, Patricia. C. Reflexões de quem navega na educação social: uma viagem com crianças e adolescentes. Maringá: Clichetec, 2002.

PETRUS, Antonio. (Org.). Pedagogia Social. Espanha: Ariel, 1997.

RIBAS MACHADO, Érico. A constituição da Pedagogia Social no contexto

educacional brasileiro. 2010. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Educação. Florianópolis, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CADERNOS DE PESQUISA: PENSAMENTO EDUCACIONAL